Sobras de Vacinas "Xepa"

A Administração Municipal, através da Secretaria da Saúde informa que não há “xepas” de vacinas na Vigilância Epidemiológica. Os profissionais, próximo ao final do expediente, abrem os frascos já direcionados às pessoas que estão na fila, aptos a receber o imunizante. Os pontos de vacinação têm uma lista de pessoas acamadas ou da próxima fase elencada e no caso de sobra de doses, aplicam nestas pessoas em casa ou entram em contato por telefone para definir a logística até o ponto de vacinação. Em caso de sobra de doses, são chamadas as pessoas da faixa etária seguinte. Há pessoas acamadas, acidentadas de trânsito, cadeirantes e gestantes, por exemplo.